segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Casamento, uma epidemia


Realmente uma das palavras a serem mais temidas neste século. C A S A M E N T O.
Porque tantas pessoas desejam casar? Porque a obsessão das mulheres pelo matrimônio? Porque cada vez mais homens cedem à terrível esta armadilha?

Pode parecer idiota, talvez um lamento de um homem deveras infantil ou simplesmente a bravatice de um fanfarrão. Mas não há como negar, o número de casamentos aumentou muito nos últimos anos. Faz até um certo sentido, pois temos uma população jovem e mais numerosa, portanto teremos mais matrimônios e conseqüentemente mais crianças, mais divórcios e mais adultérios.
Mas o que busco nesta análise é responder às perguntas que atormentam minha mente: PORQUE DIABOS AS PESSOAS QUEREM CASAR LOGO?

Deus eu queria entender isso. Lógico que um dia eu vou querer casar, mas porque algumas pessoas apressam tanto? Ó, porque a urgência em juntar os pombos?

Existem muitas razões.

Este humilde trovador irá tentar enumerar para vocês.

1 - Embuchou. Bem, essa é complicada. Muitas vezes não tem como escapar. Uma vez feita a cagada não tem como remediar. O dia que inventarem a vazectomia instantânea por 1 real talvez acabe.

2 - "O amor constrói. Um puxadinho." - Essa de longe é a modalidade que mais cresce no Brasil. Tá amando? Casa. Tá sem dinheiro? Não tem problema. Tá sem emprego? Não tem problema. O amor vai construir tudo, bem juntinho do quintal da casa da tua mãe. Chega a ser ridículo, pois o casal além de não ter casa não tem vida pois muitas vezes é sustentado pelos pais.

3 - Síndrome de Cachalote - "Não posso encalhar" - Essa também é campeã de audiência. A menina tem que casar. Não importa se o homem é um traste. Não importa se ela o conhece faz duas horas. Não importa. Ela tem que casar. As primas da mesma idade tão casando. As amigas tão casando. Ela TEM que casar. Ela mira no primeiro otário e o abate com precisão. Enquanto o coitado ainda está atordoado ele é vestido num terno e quando ele acorda o anel já está no dedo. Isso é freqüentemente seguido de uma interjeição masculina de "Caralho, que cagada!!!". Mas já é tarde.

Sabe, não me assusta as meninas quererem tanto casar. Eu não entendo o porque disso, mas é fato que já é um comportamento antigo. O que me assusta é como os homens hoje em dia cedem cada vez mais fácilmente nesta batalha milenar.
Afinal, o que existe no casamento que fascina tanto as pessoas? Que tipo de subterfúgios estão escondidos nas entrelinhas do matrimônio?

Faz algum tempo eu entendi parte desta questão.

A FESTA.

Sim meus caros. A festa. A pompa. Música boa e bebida até os convidados tombarem. Torrar milhares de reais. Recepção. Igreja. Comida. 300 convidados no mínimo. Esta é a síndrome da "princesa por um dia". Parece idiota, mas as pessoas anseiam por isso. Existe uma indústria por trás disso. As pessoas querem ser por um dia o centro das atenções. Pergunte e muitas pessoas casadas irão falar que o dia mais feliz de suas vidas foi o dia do casamento. Foi o dia que elas puderam ser muito fúteis e tiveram uma desculpa boa pra isso. Não me surpreende que muitas pessoas gostem de casar várias vezes. Eu acho esse tipo de motivo mesquinho. Mas há quem ache justo. Eu não recrimino nem um pouco quem gaste uma grana numa festa de casamento. É legal fazer uma festa maneira e comemorar com quem você gosta. Mas acho muito idiota a pessoa casar só pra sentir esse gosto. E por mais que muitos não admitam, em grande parte das vezes é essa razão pra casar. Se este trovador fosse mentiroso, vocês veriam muitos menos divórcios por estas terras. Mas eu não sou dado a galhofas. Eu não faço papel de bufão.

Porém este que vos fala não é o senhor de todas as palavras. Estou longe de saber todas as razões pela qual todas as pessoas resolvem trocar anéizinhos e depois se embebedarem.
Eu apenas observo, e concluo. A minha missão é apenas relatar.

6 comentários:

Lila Yuki disse...

Eu quero casar com você!!!!

Lila Yuki disse...

E se você demorar muito, corre o risco de perder a vez... Tem muita gente na fila atrás dos meus dotes culinários, hahaha. Entendeu?

Mulher se valorizando para que seja reconhecida. Tática muito utilizada de auto-valorização, é o começo do processo de atordoar o homem para que ele tome a decisão.

A diferença, hehe, é que eu tenho cabeça e não quero desgastar o amor com brigas inúteis de falta de dinheiro e de estrutura. Amor é lindo, mas não enche barriga (não nesse sentido, em outros...), e não resiste a saldos cada vez mais vermelhos nos bancos.

E eu não quero festa! Dia de princesa uma ova! Você que tem de me fazer sentir uma todo dia!

ghfdc disse...

"A minha missão é apenas relatar"? Tentando uma saída estratégica pela esquerda?

Olhe bem para o horizonte... Não vê seu casamento surgindo?

Aí está a Lila Yuki que não me deixa mentir... Hahahahaha...

E, realmente, dotes culinários femininos são o máximo! Definitivamente, o caminho pelo meu coração passa pelo meu estômago... E ele cobra pedágio. E cobra caro.

Chicória... Nham...

B. disse...

One Ring to rule them all, One Ring to find them, One Ring to bring them all and in the darkness bind them

Familiar? (6)

Rafael disse...

ae vitor...
algo me diz que voce comprou um problema com esse post!!!

agora nao tem mais como fugir...

Lila Yuki disse...

Não vejo o Jirou tendo arranjado problemas com o post. Afinal, eu não sou o problema, eu sou a salvação. Ho Ho Ho