segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

SAC

Mulher de qualidade devia vir com certificado ISO e selo do Inmetro

Mulheres não gostam de homens sinceros. Fato. Qualquer um que já tenha cometido o erro de ser sincero com uma mulher sabe disso.

Eu sou idiota, e incorro nesse erro várias vezes. O interessante é que, por eu ser o único sincero (tá, é possível que haja outros imbecis como eu por aí), elas não acreditam em mim...

De modo a não incorrer na fúria feminina, falando diretamente a alguma representante do gênero, deixarei aqui, agora, listadas algumas reclamações, como uma garrafa com um bilhete lançada ao mar por um náufrago.

Tenho consciência de que essas reclamações são necessárias. Elas, de fato, deveriam ser toques que as amigas deveriam dar umas às outras, mas não o fazem (os motivos são irrelevantes neste momento).

Afirmo desde já que são coisas que me incomodam, particularmente, em diferentes graus. No caso de algumas delas, realmente, outros homens discordam de mim. No caso de outras, concordam, mas mentem para a mulher de modo que esta não "durma de calça jeans"... Deixo claro também que sou mais "exigente" que a maioria dos outros homens ("já peguei piores e paguei" definitivamente não é o meu lema). Assim sendo, se alguma mulher algum dia porventura resolver considerar algumas das coisas que aqui escrevo, sinta-se como Demóstenes, falando ao mar com a boca cheia de pedras.

Então, comecemos.

Perfumes. Particularmente, eu não gosto. O clima brasileiro não é propício ao seu uso. E convenhamos que a mulherada exagera. Parece que tomam banho com o negócio! Exalam o cheiro a ponto de quase parecer que estão dentro de uma cortina de fumaça... Te fazem lacrimejar mais do que cebola...

Eu gosto de sutileza. Sou da opinião de que o perfume deve ser fraco, de modo a instigar o homem a chegar mais perto, para poder sentir melhor o cheiro suave (a ponto de permitir inclusive que se diferencie o cheiro do perfume do cheiro do cabelo da mulher, por exemplo)...

Conheci muito poucas mulheres que usavam perfume da maneira que eu gosto...

Já tentei convencer algumas desse meu ponto de vista, contando a seguinte historinha:

No Japão, havia um imperador que escolhia suas mulheres da seguinte forma: dava festas, para apreciar a Lua, ou o desabrochar das flores de alguma árvore, essas coisas... No meio da festa, ele então soltava borboletas (ele as colecionava, para esse propósito), e estas voavam em direção à mulher que cheirava melhor (isso não é explicitado, mas acredito fortemente que o imperador, malandro, só chamava mulher bonita para a festa)... E esta mulher, então, era a escolhida da ocasião.

Claro que a história não termina aí (termina, quando sou eu que conto a alguma mulher) e o imperador acaba tendo uma morte horrível no final, mas isso não vem ao caso.

Pensem, então, pessoas, se alguma borboleta iria voar em direção a alguma mulher "perfumada ao extremo"... O coitado do inseto morreria intoxicado no meio do caminho...

Concordo com o imperador: mulher deve ter "cheiro de rainha" (rainhas passam a idéia de altivez, poder, personalidade e sensualidade, enquanto que as "princesinhas" são meiguinhas e inúteis, só sabem ficar esperando pelo príncipe encantado).

Infelizmente, em 100% dos casos em que contei essa história do imperador fui chamado de ridículo pela minha audiência feminina do momento...

Ainda sobre perfumes: notei recentemente que tem uns, agora, que tem cheiro de bubbaloo... Fico intrigado pensando o que leva a mulher a achar que é legal ficar cheirando a chiclete... Já notei uns com cheiro de bubbaloo melancia, outros com cheiro de bubbaloo morango, e outros de tuti-fruti (espero que não haja outros "sabores").

Continuando com os cheiros, o que são aqueles produtos para cabelo com cheiro de chocolate? Senhoritas, sinceramente, ovo de páscoa não dá tesão... Então, não cheirem como um...

Pior que isso, só aquelas chapinhas, ou sei lá o que, que deixam o cabelo da mulher cheirando a formol...

O que nos leva ao próximo tópico: chapinhas, alisamentos, ou sei lá o nome desses troços.

Vamos então à realidade: isso é muito feio. O seu cabeleireiro, senhorita, te diz que é bonito para que você continue indo nele gastar rios de dinheiro fazendo isso. Os homens te dizem que é bonito apenas para que você não se irrite e acabe por lhe negar aquilo que ele está querendo... E as demais mulheres te dizem que é bonito ou porque foram igualmente enganadas, ou porque querem que você se exploda (literalmente, se possível).

Em geral, a natureza sabe o que faz... Cabelos ondulados ou cacheados também são muito bonitos... Então, mulheres, por favor, apenas realcem sua beleza natural nesse sentido; não tentem mudar de maneira forçada, pois o resultado fica descaradamente artificial e catastrófico.

E o pior é que isso é um caminho sem volta, aparentemente (não afirmo categoricamente, pois não entendo nada disso, só observo resultados). Quanto mais a mulher faz esses troços, mais o cabelo fica com um aspecto duro e quebradiço, parecendo palha. Com o passar do tempo, é como se o cabelo fosse endurecendo cada vez mais, a ponto de precisar de dobradiças para se mover...

Ou então eu estou redondamente enganado, e só noto essas coisas quando o cabeleireiro da mulher é ruim. Talvez, se o cara for bom, o resultado pareça natural, e eu acabe não notando nada... Se for o caso, então, simplesmente 100% das mulheres que eu conheço e que tem essa irritante mania de alisar os cabelos freqüentam salões péssimos. Como isso é um tanto quanto improvável, assumo que estou certo em minha suposição inicial.

Próximo tópico: tatuagens.

A zebra macho está quieta, na dela, bebendo água num rio na savana africana... Aí, do outro lado, passa trotando, lentamente, uma zebra fêmea, toda listrada... O macho repara nela, vê aquelas listras, e nossa, que frisson que ele sente! Fica todo arrepiado (aposto que é por isso que a crina dele é em pé, ao contrário da do cavalo)... A zebra fêmea, então, finge que não nota, assume um ar pedante, e vai embora, mas isso é outra história...

E aí, você vem sempre aqui?

Mas eu não sou uma zebra. Mulher rabiscada não me dá tesão. Claro que não sou exagerado nesse quesito. É uma questão de lógica fuzzy: são diferentes graus de pertinência ao conjunto do ridículo. Tatuagens pequenininhas são quase irrelevantes... Quanto maior a porcentagem da pele coberta por um desenho, maior o grau de pertinência ao conjunto do ridículo.

Temos mulher-samambaia, mulher-melancia, mulher-filé, e não sei o que mais... As mulheres tatuadas me parecem competir pelo posto de "mulher-viaduto", vendo qual a mais pichada... Algum dia ainda vou ver alguma que tenha escrito "só Jesus expulsa demônios das pessoas" em alguma parte do corpo...

Claro que tem aquelas que extrapolam toda a noção do ridículo, tatuando ideogramas no corpo sem fazer a menor idéia de o que significam (já vi uma que escreveu "amigo" no sovaco, e outra que escreveu "tem grande" nas costas - isso mesmo, e não me perguntem o porque, eu não sei).

Existe só uma tatuagem (que eu tenha pensado até hoje) que eu acho que ficaria interessante na mulher, mas há um contexto para essa história, que ficará para um próximo post.

Agora, piercins. Eu não gosto. Mas é a mesma história da tatuagem: um pequenininho, tudo bem... Agora, brincar de cabide, com vários pedaços de ferro pendurados em você, não dá... E, definitivamente, ficar contando para os outros que infecciona e fica soltando pus não é interessante... Glóbulos brancos mortos vertendo do corpo não são sensuais.

Voltando rapidamente à questão do odor: fumar. Não faça. Cheira muito, muito mal, e fim.

Beber: moderadamente, sem problemas. Agora, ficar vomitando (talvez inclusive abraçada à privada), e/ou doidona, falando besteira e passando vergonha, não, por favor.


Silicone: eu acho feio...

Dentes: Ortodontistas estéticos existem. Dentes encavalados são feios. E, com a idade, a situação piora (devido a algum problema de descalcificação entre os 30 e os 40 anos). Então, se possível, usem um aparelho por alguns poucos meses, e tenham anos e anos de um sorriso lindo.

Eu acho o sorriso feminino apaixonante... Desde que os dentes estejam um do lado do outro, e não um atrás do outro, igual um gafanhoto (nunca entendi essa rima), é claro... Fileiras de dentes é coisa de tubarão.

Forma física. Desnecessário comentar. Não precisam ficar morando na academia... Não precisam exagerar nesse sentido... Mas, se for para exagerar, que exagerem nesse, e não no sentido oposto, por favor... Hehehehe...

Só completando: mulheres musculosas, fortonas, são feias.

Virar de lado quando um homem for falar com você na "balada": você não está se fazendo de difícil com esse comportamento, está se fazendo de ridícula... Acho isso tão desnecessário...

Ainda sobre a "night": que maquiagem bizarra é essa de/com purpurina? Isso gruda na gente, e não sai! É para marcar território, por acaso?

E, por fim, mas não menos importante: tenham personalidade! Tenham o que falar!

Vocês sinceramente não acham ficar a "noite inteira" (me refiro aqui ao período pré-agarração) trocando currículos conosco chato? Eu acho...

Qualquer coisa diferente disso só rende como resposta "Ah, sei lá, tipo assim, não sei..." e afins... E isso é tão entediante (eu acho, pelo menos)... Depois reclamam que o homem só quer saber de sacanagem... Hehehehe...

Se bem que isso é mesmo irrelevante, considerando-se o objetivo puro e simples de se apaziguar os impulsos animais...

Mas será que realmente essas mulheres não tem nada a dizer? Ou será que é "medo" de dizer alguma coisa que desagrade? E não, pessoas, não recomendo que façam essa pergunta a uma mulher "na night"...

Já conheci, claro, algumas que não seguem esse padrão... E vocês, senhoritas, estão de parabéns! Só não falei isso a nenhuma de vocês pessoalmente porque seus namorados estavam do lado (terminem com eles; eu sou muito mais interessante! Hahahahaha...)...

Agora chega. Já são reclamações suficientes para um único post.

2 comentários:

Lila Yuki disse...

Hahaha... Concordo que perfume não foi feito para o Brasil! Aliás, existem diversas categorias de acordo com a "força do cheiro" (esqueci o termo técnico para isso). No Brasil recomendam-se as águas de colônia. Gosto das fragrâncias que a gente esquece que está usando e só lembra quando joga a água do chuveiro em cima ao tomar banho.

Assim, e quanto aos cheiros de fruta, os antigos da Contém 1g eram maravilhosos! Bem suaves e sem "gosto" de bala. Mas eles pararam =/. E sobraram uns genericões horríveis!! Na verdade, eu até gosto do meu sabonete de Uva com glitter da Pheebo Girls, mas em consideração ao namorado, só uso quando vou para o trabalho ou fico em casa, rsss.

Quanto a tatuagens, não gosto. Tenho pânico de agulha, mas se fosse para fazer, acharia legal se fosse para simular um sinal. Ia achar legal, por exemplo, uma estrela meio disforme no ombro direito, que desse para se passar por um sinal de nascença.

Odeio cigarro.

E acho mulher que bebe cerveja feio. (Trauma).

ghfdc disse...

A senhorita já pensou em prestar "consultoria olfativa" para suas colegas de gênero?

Olha aí um nicho de mercado... Hahaha...